PARANÁ SEGURO — O secretário Reinaldo de Almeida César reafirmou que o programa Paraná Seguro prevê a contratação de 10 mil policiais até 2014 e a compra de 3.200 viaturas, com tecnologia embarcada de georeferenciamento (GPS) e computadores (tablets), para equipar as polícias e o Instituto Médico Legal, além de 95 novas delegacias e 400 módulos policiais móveis. Para isso o orçamento da Secretaria da Segurança será reforçado em R$ 500 milhões no atual exercício, e poderá dobrar até 2014.

O programa também prevê a valorização dos quadros policiais. O governo está preparando a divulgação das novas tabelas salariais, que foram acordadas em encontros com as lideranças de todos os segmentos que representam as classes policiais civis, militares e da polícia científica.

A central de atendimento 181, antes conhecida como Narcodenúncia, está sendo ampliada, para receber outros tipos de denúncias da população, principalmente ligadas a homicídios.

“O governador Beto Richa determinou que sejam feitas todas as ações para reduzir os índices de criminalidade no Paraná, especialmente homicídios, que estão entre os maiores do País. E estamos dando um grande passo neste 1º de março para mudar a percepção da segurança neste Estado”, disse Almeida Cesar.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.