Com transferências de presos para presídio, policiais da 7.ªSDP terão mais tempo para se dedicar às investigações

Com a recente inauguração da nova Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco), as delegacias da região poderão trabalhar de maneira ainda mais efetiva nas investigações e na captura de marginais. Na manhã desta sexta-feira (22), trinta detentos já com condenação foram transferidos da Delegacia de Umuarama para o presídio. A Vara de Execuções Penais (VEP) está elaborando um cronograma de transferências para os próximos dias. A expectativa do delegado-chefe da 7.ª Subdivisão Policial, Pedro Luiz Fontana Ribeiro, é que entre 160 e 170 detentos condenados que estão em Umuarama sejam transferidos para Cruzeiro do Oeste até o final da próxima semana. “Vamos ficar só com os presos provisórios”, comemora.

Ribeiro conta que hoje a Delegacia de Umuarama tem capacidade para 64 presos, mas abriga mais de 300. Com a redução do número de presos, a tensão interna no local vai reduzir drasticamente. “ A revista, que hoje é feita duas vezes por semana, poderá ser feita de maneira mais minuciosa”, explica o delegado. Ele lembra que numa delegacia com menos presos para vigiar, o número de investigadores que são obrigados a ficar na carceragem também reduz. “Com isso podemos colocar mais gente na rua fazendo o trabalho de investigação”, ressalta.

A 7.ª Subdivisão Policial (7.ªSDP) é responsável pelas delegacias da Polícia Civil em 26 municípios. “As transferências de presos não estão ocorrendo só aqui em Umuarama, mas em toda região. Ou seja, mais delegacias terão seus presos levados para Cruzeiro do Oeste e o trabalho dos investigadores dessas delegacias também vai ser facilitado”, destacou Ribeiro.

Peco
A nova Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco), inaugurada no último dia 30 de março, tem área total de 11.667m², construída num terreno de 33.161m², localizado na Rua Santo André, s/n, Vila Brasil, em Cruzeiro do Oeste. A obra, iniciada em 15 de fevereiro de 2010, teve custo de R$ 21.969.175,39 e tem 720 novas vagas para presos do regime fechado masculino, distribuídas em 144 celas coletivas, com 5 presos cada, e mais 96 celas individuais para medidas disciplinares.

Transferências
Desde janeiro de 2011, 5.543 detentos condenados já foram transferidos de delegacias para presídios no Paraná, segundo a Secretaria de Estado da Justiça (Seju). Somente este ano, de janeiro a maio, já foram transferidos 1.597 detentos na mesma condição.

http://www.policiacivil.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5793

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.