Michelotto ministra aula magna do primeiro curso de formação no sudoeste

O delegado-geral Marcus Vinícius Michelotto ministrou nesta quarta-feira (27), em Pato Branco, no sudoeste do Estado, a aula inaugural do Curso de Formação Técnico Profissional de Investigador de Polícia, do qual participam 68 policiais nomeados do último concurso público. Trata-se do primeiro curso oferecido pela Escola Superior de Polícia Civil (ESPC) que acontece de forma descentralizada da capital.

Durante a aula magna, que aconteceu no Auditório do Parque de Exposições de Pato Branco, Michelotto falou da importância da efetivação de policiais bem qualificados. Em meio a uma contextualização da atuação do policial civil, Michelotto proferiu palavras de incentivo para os policiais que recentemente chegaram à instituição. “Sintam sempre orgulho em saber que fazem parte de um grupo especial, de uma minoria, que pode ostentar com altivez o escudo da gloriosa Polícia Civil do Paraná. Por isso, sempre representem a classe da melhor forma possível”, disse.

O delegado-geral também reforçou a política de sua gestão, que prioriza a reestruturação da Polícia Civil e a melhoria das condições de trabalho e da qualidade de vida dos policiais civis. Para Michelotto a abertura do primeiro curso de formação fora da capital é um marco histórico para a polícia. Além de manter os policiais nas suas regiões, ele lembra que a medida possibilita uma economia de recursos, já que não é preciso viabilizar estrutura física para alojar os alunos, que poderão permanecer junto aos seus familiares.

Segundo o diretor da ESPC, Luis Fernando Artigas Júnior, toda a estrutura foi viabilizada em parceria com o poder executivo do município de Pato Branco. “Essa interiorização do curso de formação visa atender a uma recomendação do secretário Reinaldo (de Almeida Cesar, da Segurança Pública), no sentido de expandir a capacidade operativa da Escola de Polícia”, afirma. Artigas Júnior ressalta que o treinamento prevê a formação necessária para que os investigadores possam prestar um serviço de qualidade para a população.

O Curso de Formação Técnico Profissional de Investigador de Polícia terá um total de 640 horas. Para o primeiro mês do curso, os alunos, que já haviam passado por aulas práticas dos módulos de Uso de Arma de Fogo e Operação Policial, deverão se deslocar até a sede da ESPC, em Curitiba, onde assistirão as aulas dos primeiros módulos. Na sequência, o curso acontece integralmente em Pato Branco.

Estiveram presentes a aula inaugural do curso o corregedor-geral da Polícia Civil, Paulo Ernesto Araújo Cunha; o delegado-chefe da Divisão Policial do Interior, Julio Reis; o delegado-chefe da 5ª Subdivisão Policial de Pato Branco, Ivonei Oscar da Silva; delegados subdivisionais da região sudoeste do Estado, além de autoridades do Poder Executivo e do Poder Legislativo da região. Também prestigiaram o evento o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel, Everton Cesar Puchetti Ferreira, e o promotor de Justiça Vitório Alves da Silva.

http://www.policiacivil.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5828

 

 

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.