Segundo a polícia, foram 15 tiros. Ele, a mulher e os filhos estavam na residência no momento dos disparos, mas não foram atingidos.

A casa do delegado da Polícia Civil de Maringá Laércio Fahur foi alvo de pelo menos 15 tiros por volta das 23h30 de domingo (29). Os disparos atingiram o muro e a grade da residência, localizada no Jardim Imperial, em Maringá. Ele, a mulher e os filhos estavam dentro da casa na hora dos disparos. Nenhum deles foi atingido.

Segundo o delegado, testemunhas relataram duas pessoas efetuaram os disparos. Eles estavam em uma motocicleta preta. “Provavelmente não foi coincidência. Eles deveriam saber que era a minha casa”, comentou Fahur, por telefone, à Gazeta Maringá.

Fahur comentou que o caso pode ter ligação com os atentados que aconteceram em Maringá durante este ano, como aquele contra a casa do capitão Rogelho Aparecido Fernandes da Polícia Militar (PM) de Maringá.

Atentados na região

Outros atentados semelhantes aconteceram no último ano na região de Maringá, alguns realizados por motociclistas que utilizaram pistolas nove milímetros. Relembre alguns deles.

Em julho de 2011, o prédio da Câmara Municipal de Maringá (CMM) foi alvo de diversos tiros. As câmeras de segurança do local registram que os tiros foram disparados por dois homens que usavam capacete em uma motocicleta.

Em agosto, a sede da RPC TV Maringá e da Gazeta Maringá foi alvo de 15 tiros disparados por dois homens armados que estavam em uma motocicleta. Os tiros atingiram a recepção e destruiu vidros e aparelhos de televisão. Um dos seguranças do prédio estava no local no momento do atentado, mas não se feriu. Uma perícia feita pela Polícia Civil comprovou que a mesma arma foi utilizada no crime contra a Câmara e a sede da RPC TV e da Gazeta Maringá.

Em novembro do ano passado, o alvo dos atentados foi o prédio da Câmara Municipal de Sarandi. O local foi atingido por 15 tiros que quebraram as vidraças do órgão. Motociclistas realizaram a ação.

Por último, paredes e vidros da Delegacia da Polícia Civil de Paiçandu foram atingidos por cinco tiros em março de 2012. No final do mês, um homem foi preso e assumiu a autoria do crime.

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tit=Casa-de-delegado-da-Policia-Civil-e-alvo-de-tiros-em-Maringa&id=1280647#.UBfADOA2SU8.facebook

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.