Presidente do Sidepol e Senador Álvaro Dias discutem ações em prol do fim do foro privilegiado

No último 09 de junho, após a reunião de transmissão de posse da Diretoria da FENDEPOL, o Presidente do SIDEPOL/PR visitou o Senador Álvaro Dias para tratar da campanha em prol da PEC 10/2013 de autoria do mesmo, que extingue os famigerados foros privilegiados. A medida é de salutar importância para as Polícias Judiciárias no que tange às investigações policiais  no combate à corrupção.

2016JUN09 - Alvaro Dias e Dr Marques
Da esquerda para a direita: Delegado Cláudio Marques Rolin e Silva, presidente do Sidepol Paraná; Senador Álvaro Dias, um dos autores da PEC 10/2013, que pede o fim do foro privilegiado; Hussein Bakri, Deputado Estadual (PSD PR).

 

O Senador Álvaro Dias esclareceu que a sua proposta prevê o fim do foro privilegiado para toda e qualquer pessoa que exerça alguma atividade no poder público, incluindo no rol os Parlamentares, integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público. O Senador ressaltou ainda que a intenção é tornar realidade o preceito constitucional que diz que  “todos são iguais perante a lei”, mas que a sociedade e os integrantes das Polícias Judiciárias devem estar mobilizados para evitar a proposta de emendas que possam desvirtuar a proposta original.

O Presidente do SIDEPOL/PR ressaltou seu total apoio à medida e informou que lidera uma campanha pelo fim do foro privilegiado, e em seguida presenteou o Senador com um exemplar do livro ‘Operação Sepulcros Caiados I – Desvendando a “face oculta” do Ministério Público brasileiro‘.  O Delegado Marques ressaltou ainda que o foro privilegiado é uma verdadeira aberração em um regime democrático, notadamente no que tange aos ocupantes de cargos vitalícios, comentando a impunidade que reina no âmbito do Ministério Público, o que ensejou aprofundamento nos estudos sobre como combater a corrupção jurídica. No citado livro, o autor faz uma interessante e verdadeira comparação entre o Ministério Público brasileiro e os Porcos que assumiram o poder na granja do Sr. Jones, conforme relato do livro  “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell.

O fim do foro privilegiado é uma das mais importantes medidas de combate à corrupção comum e à corrupção jurídica e impedirá que as investigações de combate à corrupção, promovidas pelas Polícias Judiciárias, continuem sendo anuladas ou usadas como mercadoria de troca nas “negociatas” promovidas entre as cúpulas dos poderes, assim como ocorreu com a “Operação Derrama”, deflagrada pela Polícia Judiciária do Espírito Santo. Fato este também relatado no livro Operação Sepulcros Caiados.

 

Campanha pelo fim do foro privilegiado

O fim do foro privilegiado servirá também para estabelecer definitivamente um tratamento isonômico entre integrantes das Polícias Judiciárias, integrantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, pois todos passarão a ser investigados sem reservas pelas Polícias Judiciária, único meio seguro de combater a impunidade e evitar arquivamentos ilegais de investigações como ocorreu no Caso João Marcos que completará, no dia 21 de junho, 13 longos anos de impunidade.

Ajude na coleta de assinaturas e apoie a  campanha pelo fim do foro privilegiado liderada pelo Delegado Marques!

Para aquisição do livro e apoio às medidas de combate à corrupção jurídica e fim do foro privilegiado, acesse os sites:

www.fimdoforoprivilegiado.com.br  ou www.operacaosepulcroscaiados.com.br