Na quinta feira (07), a diretoria do SIDEPOL esteve reunida com o chefe da Casa Civil do Paraná, Deputado Valdir Rossoni. Após três horas e meia aguardando atendimento, o Deputado, visivelmente cansado, recebeu a direção.
Foram levantadas questões referente ao fim do subsídio, cujo estudo de impacto financeiro já foi realizado; pagamento das remoções e progressões em atraso e; viabilidade de PEC Estadual referente a garantias dos Delegados de Polícia. Quanto a esta última, PEC da inamovibilidade e independência funcional, mostrou-se simpático a causa e interessado em sua aprovação.
No tocante às questões salariais, informou que o Governo do Estado está empenhado em realizar o pagamento, primeiro dos atrasados, em até 04 (quatro) meses. Ressaltou que o Governo está sendo pressionado por todas as entidades de classe para que sejam cumpridos os acordos salariais e, efetivamente, realizados os pagamentos dos atrasados. Porém, mencionou que já estão próximos dos limites legais estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal. Ou seja, este ano pretendem efetuar somente o pagamento de pendências.
Em relação ao fim dos níveis foi solicitado urgência, pelo próprio Deputado, na tramitação do protocolado. O mesmo deverá passar, ainda, pela PR Previdência (incluir o cálculo dos aposentados) e, então, SEFA (Secretaria da Fazenda), para posteriormente chegar à Casa Civil.
Acreditamos que, em razão do impacto financeiro final, a proposta não deverá ser implementada este ano. No entanto, com o estudo completo em mãos, a Casa Civil terá condições de encaminhar para que seja, ao menos, iniciada a retirada dos níveis a partir de 2017.
Até o momento não houve uma negativa formal do Estado, no entanto, pelo teor da conversa, acreditamos pouco provável corrigirem somente os subsídio de uma única categoria em detrimento das demais.
Continuamos acompanhando.