Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná

Informamos aos Delegados de Polícia que a FENDEPOL e ADEPOL BRASIL contam com uma Comissão de Delegados que está atuando junto aos Parlamentares na apresentação de emendas ao projeto de reforma da previdência, sendo que tais propostas de emendas já contam com 218 assinaturas. O Senador Paulo Paim está defendendo a proposta de promover uma CPI da previdência, que também já conta com 29 assinaturas. Devemos estar atentos, pois se esmorecermos retirarão todos os direitos dos servidores policiais e, daqui a cinco anos, estarão propondo nova reforma alegando que a previdência é deficitária. Pedimos aos colegas que mantenham constante mobilização nos contatos com Deputados Federais e Senadores, alertando sobre as peculiaridades do trabalho Policial, notadamente dos profissionais que integram as Polícias Judiciárias.

Pela Comissão de Direitos Humanos Irmãos Naves, fortaleceremos a campanha  pelo fim do foro privilegiado e pela implantação de novo modelo de autonomia financeira, medidas estas imprescindíveis ao verdadeiro enfrentamento à corrupção e impunidade. O foro privilegiado é usado de forma criminosa para garantir a impunidade, muitas vezes  anulando as investigações das Polícias Judiciárias ainda em seu nascedouro. Já o atual modelo de autonomia financeira plena, permite a lavagem moral dos recursos desviados dos cofres públicos através do que chamamos de “auxilioduto”. Caso estas mazelas prossigam, em breve não haverá recursos para investimentos e pagamentos de salários de servidores do executivo, como já está ocorrendo em outras Estados. Pedimos o  apoio de todos e nas próximas semanas inciaremos reuniões nas sedes das SDPs, esclarecendo melhor esta estratégia de luta. O momento exige coragem e determinação.

 

A Diretoria.

 


Comentários fechado.


Cadastre-se

Cadastrar

Redes Sociais