Palavra do Presidente: Delegacias sindicais como escopo de organização e luta

Há menos de um mês começamos a nova gestão no Sidepol e no último dia 1º realizamos mais uma reunião de trabalho da diretoria. Dentre vários temas tratados, ressaltamos a aprovação da expansão do sindicato, ao aprovarmos a criação das delegacias sindicais com base no art. 4º, inciso IX do nosso estatuto. As delegacias sindicais funcionarão como forma de colher sugestões e subsídios de cada região do estado, no que diz respeitos as necessidades e carências para a boa execução da árdua tarefa de oferecer segurança a sociedade. Tais informações servirão como base para ilustrar ações judiciais ou requerimentos para a administração da Polícia Civil ou aos diversos órgãos do Governo.

Pretendemos, desta forma, dar oportunidade a todos os Delegados de se integrarem na luta, nosso objetivo comum, como dito, por meio de sugestões, participação ativa nas decisões do sindicato e/ou também participando de eventuais movimentos necessários para impor ao Governo nossos direitos. Nossa política é a de envolver na causa todos, mesmo os que estão lotados nas Delegacias mais distantes da Capital. Vamos buscar a força do interior!  

Entendemos que a Diretoria do Sindicato não pode agir ou tomar decisões sem colher as opiniões da sua base. Um sindicato só é forte se estiver conectado diretamente aos seus filiados e com a participação de todos, a fim de fortalecer qualquer ação reivindicatória. Nossa filosofia de atuação é a de não tomar decisões isoladas, sem ouvir a classe. Já escrevemos, na mensagem anterior, que todos os diretores deverão participar no âmbito de suas atribuições estatutárias, agora da mesma forma as delegacias sindicais participarão, trazendo subsídios.      

É importante entender que um sindicato só e forte se a base for forte, de nada adiantará a direção tomar decisões se não tiver o respaldo, a vontade e a participação necessária de seus filiados. O sindicato, nesta nova filosofia de atuação, pretende fazer diferente, visto que tudo que foi tentado até hoje não deu certo relativamente à salários, estamos há mais de quatro anos sem reposição inflacionária e nem aumento salarial.

Ao mesmo tempo em que a nossa carga horária de trabalho é excessiva e exaltante, temos Delegados trabalhando em situação análoga a de escravos, atendendo mais de uma Comarca, tendo que “se virar nos 30”, absurdo. Sem condições de descanso e lazer com a família, tendo muitas vezes que se submeter a tratamento, vista a situação estressante. Vários policiais em desvio de função, quando se veem obrigados a vigiar presos ilegalmente em Delegacias de Polícia e sobre a responsabilidade do Delegado. Neste desvio de função, deixa de dar o atendimento correto e merecido à sociedade, pagadora de impostos, que necessita e tem direitos. E mais, como disse na última reunião o nosso Diretor Jurídico, Dr. Zavataro: “com a proximidade da operação verão, será desfalcada ainda mais as delegacias, sendo designados Policiais para a litoral Paranaense”. E destacou o valor pago das diárias, não suficientes para custear as despesas do servidor, o que está sendo objeto de ofícios no sentido de que o valor seja reavaliado pelo Governo.

Como ilustra a foto, destacamos o trabalho de todos os diretores, a exemplo dos Doutores José de Deus que, não diferente dos demais, tem posições coerentes e estará emprestando parte do seu tempo na administração do Sidepol, assim com o Dr. Zavataro.  Agradecer ao Dr. Acir na integração com outras entidades sindicais, juntamente com o Dr. Zavataro e Dr. Gilson, que participaram da última reunião, com outras entidades. Salientar que o Dr. Gilson frequentou também a sede, nos primeiros dias que antecederam a nossa investidura na direção do Sidepol, nos informando da situação administrativa, e junto com o Tesoureiro, Dr. José de Deus, vendo a situação das finanças “caixas e despesas”.

Enfim, agradecer a todos, que com vontade de acertar se fazem presentes nas reuniões para debater ideias e tomar decisões.  Agradecer ao nosso Vice-Presidente, Dr. Manoel Pellison, que acompanhado de Dr. Jorge Barbosa, viajou mais de 400 km, para participarem da reunião ocorrida no dia primeiro deste mês.

Precisamos e apelamos a todos os Delegados de Polícia do Interior do Estado que estejam indignados com o tratamento que temos recebido do Governo do Estado, o descaso com a segurança, com a falta de uma agenda que nos permita, em reunião com o senhor Governador, tratar das questões referentes aos nossos salários ou equiparação com outras carreiras do mesmo nível. Então, convocamos todos que queiram participar da luta juntamente com o Sidepol, através de ideias, em mobilizações e manifestações quando necessárias.  Buscamos estes valorosos colegas para que se engajem na luta. Para isto, criaremos as delegacias sindicais em várias Regiões do Estado. Entre em contato via email: secretaria@sidepol.org.br.

Havendo interesse, nos deslocaremos até a região para uma reunião e organização da Delegacia Sindical. Vamos reagir com força e determinação.

Paraná, 04 de novembro de 2019.

Antonio Simião

Presidente do Sindicato dos Delegados de Policia do Paraná – Sidepol PR