GOVERNO DO PARANÁ MANTEM ILEGALMENTE E IRRESPONSAVELMENTE DEPÓSITOS PRESTES A EXPLODIR

Não faz muitos dias que o mundo foi acordado com a explosão de uma carga de nitrato de amônia em um depósito na área portuária de Beirute, capital do Líbano. Segundo a mídia a carga teria sido aprendida em 2012 e já em 2016 as autoridades portuárias alertaram o governo do risco de manter o material no local. É inexplicável como esse tipo de governante parece viver em um mundo surreal, pois o Paraná caminha no mesmo sentido. Para o governador Ratinho Junior parece que está tudo bem com a segurança pública, para nós o oposto. Mais uma vez somos acordados com a divulgação de uma tragédia anunciada – Rebelião, incêndio e morte na cadeia de Ibiporã. Ibiporã, tal qual diversas Delegacias de Polícia no estado, abriga ilegalmente centenas de presos. Policiais Civis são desviados de suas funções para cobrir a ausência de agentes carcerários e a incapacidade do atual governo em retirar todos os presos das Delegacias de Polícia. Onde havia vaga para 35 estavam custodiados 138 presos, muitos deles já condenados. Para refrescar a memória, no dia 31 de julho do corrente ano fugiram 20 da mesma carceragem, que já estava lotada com 170 presos. São tragédias anunciadas e o Governo do Estado do Paraná sabe disso. Em Ibiporã há um agravante, a Prefeitura já doou um terreno e um empresário doou um valor considerado para que fosse construída uma nova Delegacia de Polícia, e o Governo Surreal do Paraná nada fez. Mas a tragédia parece que nunca anda sozinha, a maioria das Delegacia de Polícia do interior do estado foram construídas por volta de 1950 no Governo Lupion no centro das cidades, onde algumas se avizinham até com escolas. O que será necessário para que o atual governo tome providências? Qual será a justificativa do Governador Ratinho Junior quando esses verdadeiros depósitos de presos explodirem? Não venha alegar ignorância Senhor Governador.