Segurança

Homicídios dolosos caem 10% em Curitiba – 16/05/2012 17:40

O relatório estatístico criminal apresentado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública registrou redução de 10% no número de homicídios dolosos (com intenção de matar) em Curitiba no primeiro trimestre. Foram 170 assassinatos, contra 189 no mesmo período do ano passado.Somados aos números de toda a Região Metropolitana de Curitiba (RMC) – que registra cerca de 50% dos casos de homicídios dolosos no Paraná -, a queda fica em 4%. Na região metropolitana, o número de casos ficou estável, com 223 ocorrências neste ano, contra 220 no ano passado.

O total de homicídios dolosos em todo o Paraná foi de 807 no primeiro trimestre deste ano, quatro a mais em relação ao mesmo período do ano passado. Houve queda nas ocorrências em 48% das 23 regiões monitoradas e estabilidade em 13%.

INTERIOR – Em algumas regiões, a redução foi significativa. Na Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) de Cornélio Procópio, Norte do Estado, houve diminuição de 75% nos crimes de homicídios dolosos (20 para 5).

Na região de Francisco Beltrão, no Sudoeste, e Apucarana, no Norte, a queda foi de 53,33%. As duas cidades tiveram 15 casos no primeiro trimestre do ano passado contra sete, neste ano.

Ponta Grossa, nos Campos Gerais, registrou 16 homicídios no primeiro trimestre deste ano, contra 29 no ano anterior, uma diminuição de 44,83%. Em Paranavaí, no Noroeste, a queda foi de 31,25%. Também foram contabilizados 16 casos no primeiro trimestre de 2011 contra 11 no mesmo período de 2012.

De acordo com o relatório, os furtos diminuíram no Estado, contabilizando uma queda de 2,36%. Foram registrados 37.693 casos no primeiro trimestre contra 36.802 ocorrências no primeiro trimestre deste ano. Os casos de roubos tiveram um aumento de 2,92% no período. Foram 14.431 casos neste ano contra 14.022 em 2011.

O relatório também traz os números detalhados sobre os crimes contra a pessoa, patrimônio, costumes e administração pública, e podem ser conferidos no site www.sesp.pr.gov.br, no link Gestão da Segurança / Estatísticas.

AÇÕES – Neste ano, o governo estadual vai promover um grande reforço no sistema de segurança pública do Estado. Ainda em maio, serão integrados às polícias militar e civil 2.700 agentes. Além disso, no segundo semestre será aberto o concurso para delegados. Outra medida é a implantação de módulos móveis nas regiões com maior índice de criminalidade.

Em Curitiba o combate à criminalidade tem o reforço das Unidades Paraná Seguro (UPS), que estão sendo instalados nos bairros de maior incidência criminal. A proposta é que o aumento da segurança seja acompanhado de ações sociais da prefeitura para melhorar a qualidade de vida da população. O projeto prevê 10 UPS na capital. Duas já foram instaladas, nos bairros Uberaba e Parolin.

Serão construídos batalhões da Polícia Militar em Colombo, na RMC e no bairro Cidade Industrial, em Curitiba. No interior, os batalhões serão implantados em Umuarama, Cianorte e União da Vitória. Sete distritos policiais da capital passarão por reformas, além da construção de cinco novas delegacias, seguindo a regra de uma para cada 100 mil habitantes.

As próximas edificações seguirão o formato da Delegacia Cidadã, um projeto pensado no programa Paraná Seguro para prestar atendimento mais humanizado à população. A previsão é que 26 unidades sejam entregues ainda este ano no Estado.

Outro avanço foi a divulgação dos editais de licitação para a construção dos Institutos Médico Legal (IML) de Curitiba, Londrina e Maringá e o lançamento da ata de registro de preço para a aquisição de 3,5 mil viaturas com tecnologia embarcada.

Neste ano serão 1,5 mil novas viaturas, que contarão com tablets que podem passar informações a respeito do veículo, confirmar identidades e localização com GPS, além de um radiocomunicador mais seguro, sem interferências. O atendimento do telefone de emergência 190 da Polícia Militar passará por reformulações. Serão cinco centrais regionalizadas.

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=69016&tit=Homicidios-dolosos-caem-10-em-Curitiba

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.